Fechamento do Aeroporto de Salvador altera voos em Viracopos e passageiros são encaminhados a hotel

Problema na iluminação da pista do terminal da capital baiana provocou pelo menos três cancelamentos no aeroporto em Campinas.

O problema na iluminação da pista na noite de terça-feira (6), que causou o fechamento do Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães, em Salvador (BA), provocou cancelamentos de voos no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP).

Os voos tinham origem e destino na capital baiana. Passageiros serão remanejados em outras aeronaves e pelo menos 50 pessoas tiveram de ser encaminhadas a hotéis. A operação foi retomada na manhã desta quarta-feira (7).

Um voo que sairia de Viracopos e outros dois que iriam de Salvador para Campinas, todos da Azul Linhas Aéreas, precisaram ser alterados. “Eu recebi uma informação no aplicativo, que dizia que o meu voo estava cancelado, que provavelmente retornar só a partir das 6h”, disse o coordenador de sistemas Lindomar Santos.

O advogado Ricardo Carvalho reclamou dos transtornos causados pelos problemas. “Deveria ter um plano B. Um plano C. A gente que trabalha é complicado. Vou para o hotel e só vou poder retornar para Salvador às 14h. Eles dão um atestado, mas é complicado”, lamentou.

Um voo com destino ao Rio de Janeiro também foi cancelado na noite de terça-feira. No entanto, não é possível saber se têm relação com os cancelamentos de Salvador.

O que aconteceu?
Ao g1 Bahia, a Azul informou que precisou alternar três voos e cancelar outros cinco devido à queda do sistema de balizamento do Aeroporto de Salvador. Segundo a companhia, todos os passageiros foram atendidos.

“A Azul lamenta eventuais transtornos causados e reforça que ações como essa são necessárias para garantir a segurança de suas operações”, disse a companhia.

O sistema de balizamento são as lâmpadas que ficam nas pistas do aeroporto. Elas são essenciais para que os pilotos façam as decolagens e os pousos dos aviões.

Deixe comentário